terça-feira, agosto 08, 2006

O Primeiro Voo Literário

foto retirada daqui

Abri, ansiosa, um dos livros da colecção “Os Cinco”, cujo título não me recordo.

Estava pronta para viajar pelo mundo imaginário, voando sobre o tapete de letras, com um dicionário, um papel A4 e um lápis afiado.

Pus-me a engolir, a saliva quase não escorregava, de tão ressequida e inchada estava a minha garganta. Será que vou conseguir? O martelar curioso e incentivo dos meus 12 anos dizia que sim, que esse dia era propício para o meu início à leitura.

Comecei a ler devagarinho sob um silêncio palpitante. Uma palavra. Mais outra. Tantas novas! Desconhecidas, no entanto, belas com a sua aura de mistério!

Aos meus olhos, o livro parecia uma mãe grávida de bebés linguísticos. E, um dicionário, um guarda-roupa de significados para estes bebés.

Um bebé “Infelizmente”. Eu sabia qual era o termo de “infeliz”. Mas, juntando com “-mente”, já a frase distorcia-se, perdendo todo o seu sentido. Este bebé linguístico foi então retirado da página e colocado no berçário que era o papel A4. Fui ao dicionário buscar o seu vestuário e… não havia! A nudez do “infelizmente” fez-me doer e não resisti a pedir explicações à minha irmã.
— Mana, o que quer dizer “Infelizmente”?
— Quer dizer… por exemplo…— ela demorava a pensar, a arranjar um bom exemplo: — Infelizmente, não vamos à praia porque está a chover.
— Sim. Eu entendo a frase, mas ainda não percebo “infelizmente”.
— Isto quer dizer, queremos muito ir à praia mas não podemos. Dizemos “infelizmente” quando queremos muito uma coisa e acontece o contrário.
— Já percebi!
Aquela frase com “infelizmente” provocou de imediato uma luz.

Outro bebé: “desvendar”. Mais um berço a preencher no berçário fininho e branco. E logo vestia o recém-nascido: “descobrir”.

Em cada minuto, saltava do livro para dicionário, depois para o papel e de volta ao livro. Apesar destas incontáveis interrupções, aterrei bem ao lado dos famosos Cinco para partilhar aventuras. Ora ria-me, ora assustava-me, entre outras e novas emoções. Tornei-me fã da Zé e do seu cão Tim.

O primeiro livro foi uma montanha escarpada, o segundo passou a ser um planalto e, finalmente, os últimos passaram a ser terrenos planos com os conceitos linguísticos já bastantes maduros e conhecidos.

30 Comments:

Blogger FOTOESCRITA said...

Delicioso!
Mas infelizmente não tivemos a tua participação no Fotodicionário. :-(
A próxima palavra é "Fantasia". Até dia 15 de Agosto inclusive...

9:30 da manhã  
Blogger M.M. said...

Olá silencebox!
Muito bonito, este post.
A descoberta das palavras, no mundo
da Realidade e do interesse típico da Juventude.


Um beijinho:

M.M.

7:38 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

A descoberta de um mundo diferente a negro pintado em branco papel...
:)
Beijos

11:27 da tarde  
Blogger maresia_mar said...

Olá minha kida
tu tens um grande dom: escreves como ninguém e delicias-nos com os teus posts!
Oh como le lembro dos livros dos Cinco, acho que os li todos...
eu vou de férias amanhã e até meados de setembro vou estar ausente da net e da rotina, só assim conseguirei aguentar mais um ano com um sorriso no rosto.. mas vou lembrar todos com carinho.. Bjhs com sabor a maresia

4:56 da tarde  
Blogger FOTOESCRITA said...

silencebox said...

uauuu... A descrição sobre o pesadelo da Mariana está espantosa, aterrorizadora, com uma fotografia que condiz na perfeição! Continua...! Quero mais textos e mais fotos! :-D
Vou tentar arranjar uma foto para o fotodicionario... se conseguir mesmo ou se tiver alguma inspiração... veremos!
um abraço

Respondo aqui à tua visita:

Primeiro que tudo obrigada. :-)
Depois, gostava que enviasses uma fotografia para o Fotodicionário. Como vês, somos todos amadores. E basta que alguém nos empreste uma máquina e pôr a imaginação a trabalhar... Fico à espera.
Um beijinho

5:40 da tarde  
Blogger ARTEMINORCA said...

Muito bonito! adorei ler este post de tão expressivo!
Beijinho Lu

1:22 da manhã  
Blogger Isabel-F. said...

querida Silence Box,
Adorei.
Revi-me no teu Post. Tb eu iniciei o meu gosto pelo "ler" com os Cinco... o 1º livro que li foi Os Cinco e a Ciganita, teria uns 11/12 anos ....ainda hoje adoro essa colecção.
um grande beijo para ti
bom fim de semana

10:56 da manhã  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Que o sol seja o sorriso a dançar no teu rosto.
Bom fim de semana
Beijos

12:51 da manhã  
Blogger DIAFRAGMA said...

Uma maravilha, adorei!

ps: queria também dar-te os parabéns pela lindíssima e criativa foto do Pinóquio.

11:06 da manhã  
Blogger Isabel-F. said...

Bom fim de semana para ti
Beijinhos

11:28 da manhã  
Blogger Leonoretta said...

ola silence.
quem nao leu os cinco? e os sete? e as gemeas?

e depois mandrake, fantasma, super homem, batman.
mas sabes que ainda hoje na fnac (nao compro) nao resisto a abrir um livro de enid blyton.

beijinhos da leonoreta

no proximo sabado tenho uma coisa para ti no meu blog

4:46 da tarde  
Blogger Ranhette du Nez said...

Visité le neuf blog, Le Cacilhiére Fantôme, pour aprecié une golle de rum.


http://ranhettedunez.blogspot.com

6:57 da tarde  
Blogger Isabel-F. said...

bom fim de semana
bjs

25.08.2006

10:43 da manhã  
Blogger FOTOESCRITA said...

Estou à "espera"... :-)

2:39 da tarde  
Blogger Lumife said...

Gosto muito do que e como escreves.
Vamos regressando aos poucos às nossas tarefas habituais. Bj.

7:42 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Passei por aki e aproveito para te desejar um bom domingo.
Bjx

1:09 da manhã  
Anonymous Confissões said...

Por isso, admiro a tua força, por lutares e ultrapassar as tuas dificuldades..

Não sei até quando hei-de chegar aos teus calcanhares.. pois chumbei a português.. e por isso não acabei o 12º ano..

8:38 da tarde  
Anonymous woman's secret said...

Sopro um beijo ao sabor do vento.

11:06 da manhã  
Blogger Caracolinha said...

Olá querida ... estou de regresso e, como sempre, fiquei deliciada, emocionada, arrebatada ... as emoções que flutuam nos teus textos fazem-nos viajar ... viajei no tempo em segundos ...

Tinha saudades. Muitas.

Beijoca encaracolada em saudade, carinho, amizade e profunda admiração.

1:02 da tarde  
Blogger desire ou your-shell said...

descobertas..aproveita e vive...

beijinhos

desire

1:25 da manhã  
Blogger Mitsou said...

Obrigada por me trazeres por uns momentos essa magia tão tua. Que saudades, minha querida.

Deixo-te um beijinho muito doce e prometo ir passando...

10:05 da manhã  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Uma nova semana tomou o seu lugar, o tempo esse corre sem parar...
Bjx e boa semana

10:42 da manhã  
Blogger MalucaResponsavel said...

Ola,
passei p aqui por acaso e a leitura deste txt fez-me pensar no meu inicio pelo mundo da leitura mas... nao me lembro. bj

12:11 da manhã  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

De passagem e a correr para te desejar um bom fim de semana
beijinhos

10:52 da tarde  
Blogger Isabel-F. said...

Querida Silence Box,

Regressei hoje de férias e não podia deixar de pasar por aqui e deixar-te um beijo carinhoso.

12:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Feel this... just a blowing kiss...

11:06 da manhã  
Blogger Unicus said...

Excelente este post.
Abraços

5:04 da tarde  
Blogger Poesia Portuguesa said...

Hoje o Poesia faz um ano.
Um ano inteiro dedicado à Poesia de autores de Blogues, em que tu és também participante.

Por isso o meu obrigada e o meu abraço ;)

Podes ver a tua publicação aqui:

http://portuguesapoesia.blogspot.com/2005_11_01_portuguesapoesia_archive.html

3:13 da tarde  
Blogger maresia_mar said...

Ola minha kida,
deixo-te um beijo com sabor a maresia

12:18 da tarde  
Blogger Teresa David said...

Adorei este post pois tb eu me iniciei na leitura através dos "cinco" da Enid Blyton, que me provocaram um gosto tal pelo estilo policial que ainda hoje sou uma devoradora afincada desse tipo de literatura.
Bjs
TD

2:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home