sábado, dezembro 17, 2005

O Gelo do Isolamento


Encontro-me dentro de um cubo de gelo. Mal posso tocar as suas paredes que queimam a minha pele. Do tecto, descem colunas brancas, como estalactites de grutas. São colunas de discriminação, que não param de crescer. Os seus picos quase tocam o espelho do chão escorregadio… Felizmente, são quebráveis. Eu estilhaço-as com a minha armadura de ferro.

Este cubo de gelo é o meu refúgio de protecção, fui eu que o construí. É um pequeno espaço de segurança. Mas está a ser uma armadilha para a minha deterioração interior…

Todos os dias, passo algumas horas fechada neste cubo e tremo de solidão. Quando saio de lá e falo com alguém, a minha voz, entorpecida pelo congelamento, sai da minha boca a tropeçar… As palavras saem esburacadas, visivelmente feridas, queimadas pelo silêncio. Quando dou por isso, não me reconheço e fico bastante assustada… Nos meus tempos de estudante, não falava assim!

Basta! Não posso permitir que isto me aconteça… Quem vem salvar-me? Quem pode derreter estas paredes? Ninguém... Sou eu o fogo, eu é que tenho de o atiçar! Mas como? O sopro polar das paredes consome a minha combustão… Para me vencer, terei que expelir chamas como um dragão! Terei forças para isto?

Paro e escuto. Sim, escuto o meu interior. Os meus ritmos cardíacos dizem que o coração está disposto a voltar arder, a ser ele o fogo de dragão, por muito que me faça doer. Contudo… Só o lançará, se eu deixar! Ele diz que é altura derrubar tamanha solidão, de voltar a semear e regar flores de motivação, pois são elas que exalam perfume de força, um odor adocicado que me leva para um rumo certo.

O tempo é que o dirá…

21 Comments:

Anonymous Memorex said...

Querida SilenceBox, li com toda a vivacidade do calor que é capaz de derreter o gelo espigaçado interiormente com a força da chama, o fogo.
Como tu e eu, não podemos viver isoladas sob a pena de entrarmos numa erupção do gelamento, temos que nos sentir motivadas em qualquer circunstância para continuar a lutar este isolamento que não gostamos.
Por vezes o isolamento, é uma ilusão perfeita de nós próprias quando temos uma necessidade de ficarmos sós por um pequeno espaço de tempo, ouvir a nossa consciência, os nossos pensamentos e o que queremos dele.

Já sabes que podes contar com a minha presença neste pequeno cubo de gelo e tens a minha companhia onde te encherá calor e amizade, bjokitas larocas e um forte abraço para ti :)
Desejo-te um feliz natal para ti e para os teus.

Memorex (sol_coracao)

7:49 da tarde  
Blogger Menina_marota said...

As tuas palavras comovem-me sempre.
A tua sensibilidade, derrete qualquer coração.

Deixo um abraço carinhoso e votos de um FELIZ NATAL e a todos que te acompanham.

11:36 da tarde  
Blogger Poesia Portuguesa said...

Subscrevo as palavras da Menina Marota e deixo-te um grande abraço muito carinhoso com desejo que tenhas um Santo Natal.

11:37 da tarde  
Blogger Maheve said...

Nossa, que texto bem construído!Amei a analogia e te digo que tb me sinto assim, presa na minha propria armadilha. Se te consola saber, vc não está só nesta angustiante busca pelo 'renascimento da chama perdida'.Espero que a reencontres logo pois sei como é angustiante arder por dentro e não conseguir colocar as chamas pra fora

Abraços carinhosos

1:54 da manhã  
Blogger Manel do Montado said...

Transforma lá esse cubo de gelo em iceberg e rompe-te mar fora dissolvendo-te na água mãe da vida.
Antes experimentares e sofreres do que passares uma vida inteira com medo de sair do cubo e recriminares-te por não ter tentado.

3:19 da manhã  
Anonymous T. said...

E não precisamos todos de, a espaços, estarmos sós connosco próximos, sentir, até, o gelo de alguma solidão, para, num formidável impulso, ganhar o élan vital que nos reconduz à vida plena?

Boas Festas. Dulcíssimo Natal, pleno de Amor.

Beijinho. T.

1:05 da tarde  
Anonymous M said...

Acontece assim com todos nós: alternamos as nossas vidas entre o gelo e o fogo... É bom ler-te. :-) Feliz Natal!

4:30 da tarde  
Blogger Aromas Do Mar said...

Fiquei fascinada com o teu texto...,é lindo!

Beijo da Lina/Mar Revolto

5:04 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Gelam-me as palavras na garganta... ao ler este post...paira o silêncio...
Belo...sem palavras para comentar...
Bjx e boa semana

6:41 da tarde  
Blogger Leonoretta said...

bonito texto. e muito bem escrito. desculpa. é defeito da profissao.
mas... tambem eu tenho um gelo de isolamento, ou melhor, um casulo. temporario é preciso para depois voltares.
beijinhos da leonoreta

8:13 da tarde  
Blogger mixtu said...

Adorei, adorei

12:12 da manhã  
Blogger Isabel-F. said...

Oi querida Silence Box...

tenho a certeza que terás forças, para quebrares esse cubo de gelo...que te anda a atormentar e a manter-te isolada...
vem para aqui...para junto dos teus amigos...

eu estou aqui, à tua espera...para te dar o meu carinho e calor.

Beijoka

11:36 da manhã  
Blogger wind said...

E vais ter esse calor sim:) Desejo-te desde já um bom Natal e boas entradas:) beijos

9:44 da tarde  
Anonymous Ritisabel said...

O tempo ajuda a tudo. Muita força para a tua caminhada, para o teu renascer. Gostei bastante do teu cantinho.

9:56 da manhã  
Blogger Isabel-F. said...

Passei e deixo-te um beijinho. Obrigada pelo Cartão e um Natal muito feliz para ti.

11:13 da manhã  
Blogger Leonoretta said...

feliz natal para ti e tudo de bom no proximo ano.

8:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O TEXTO É MARAVILHOSO! PARABÉNS! :)

2:10 da tarde  
Blogger Isabel-F. said...

Querida Silence Box,

Que o Natal,
em lugar de ser apenas uma data,
seja um estado de espírito
a nos orientar a vida, permanentemente.
Os meus votos para ti e familiares de que este Natal
traga alegria, paz e muita felicidade
para todos os dias do Ano Novo.
Beijinhos,
da Isabel Filipe

9:25 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

cubo de gelo... quem ja nao se sentiu assim... eu nao sou totalmente surda e ja me senti assim mil e uma vezes... nao nos apetece fazer nada quando nos estamos nesse estado!!!!
para mim basta Deus para me consolar, para me tirar desse desanimo... tenta animar-te e sairas desse cubo que nao te deve deixar fazer nada!!!

bjokas fofitas****

10:54 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Desejo Que o espirito de Natal esteja sempre presente em todos os dias da tua vida. Amor, Paz, Felicidade e Sucesso, que o sol brilhe sempre no teu rosto com alegria. Que tenhas um Santo e Feliz Natal junto daqueles que mais amas.
Bjx

11:20 da tarde  
Anonymous L0st_in_words said...

desejo um feliz natal... (=

l0st

12:19 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home